quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

1º Congresso contra Corrupção reúne especialistas em São Paulo

São Paulo, novembro de 2011 - Depois de organizar três protestos que tomaram as avenidas em diversas cidades do país, o movimento NASRUAS vai promover em São Paulo o 1º Congresso Contra Corrupção. Com o objetivo de colocar as principais exigências do povo sob a análise de profissionais, o encontro apartidário fará parte das celebrações de 9 de dezembro - Dia Internacional Contra Corrupção - e tem o apoio do movimento Mudança Já, da Amarribo, do Movimento 31 de Julho, dos Maçons Contra a Corrupção e do projeto do Ministério Público “O que você tem a ver com a corrupção?”. Serão ainda realizados protestos em todo o país para chamar a atenção para a data, estabelecida por uma Convenção da ONU que foi assinada por 110 países em 2003.

Os cientistas políticos Humberto Dantas, Hélio Bicudo, José Álvaro Moisés e os juristas Jean Menezes de Aguiar, Thais Cavalcanti e Dircêo Torrecillas estão entre os nomes confirmados para o evento, que será mediado pelo jornalista José Abrão e aberto por uma das fundadoras do NASRUAS, a gestora de projetos Carla Zambelli. “Nós, organizadores dos movimentos, não temos capacidade técnica para julgar os tópicos propostos, chegou o momento de profissionalizar o protesto sem perder o apartidarismo”, explica Carla.

Como o Congresso tem número limitado de participantes, o NASRUAS apoia outra iniciativa aberta ao público na capital paulista: o Desfile dos Corruptos, organizado pelo movimento apartidário Mudança Já. Para satirizar os envolvidos em escândalos, manifestantes vestirão máscaras de políticos e fantasias. “Levaremos a última moda da corrupção para a passarela e relembraremos episódios como o ‘dólar na cueca’. Bom humor e criatividade são as nossas armas pra mudar esse país, para melhor e para sempre”, pontua o estudante Renato Felisoni Jr., um dos criadores do Desfile e fundador do Mudança Já.

Pela primeira vez os protestos estarão conectados. No congresso serão exibidos trechos das manifestações, transmitidos ao vivo por celular pelos participantes. Já quem estiver protestando, poderá assistir à conferência e ao que acontece em outras cidades do seu próprio aparelho ou acompanhar pelas telas e caixas de som que serão disponibilizadas em algumas localidades. Além de ter um papel fundamental na organização dos movimentos, que surgiram a partir de grupos nas Redes Sociais, a Internet também passará a ser uma ferramenta de integração entre os eventos em todo Brasil.


1º CONGRESSO NACIONAL CONTRA CORRUPÇÃO

Data: 09/12/2011, sexta-feira              
Horário: das 18h00 às 22h30
Local: Auditório Assis Chateaubriand, Av. Paulista, 2200, 12° andar - estação de metrô Consolação
Realização: NASRUAS
Apoio:
- Movimento Mudança Já,
- Amarribo,
- Movimento 31 de Julho,
- Maçons Contra a Corrupção
- Projeto do Ministério Público “O que você tem a ver com a corrupção?”
- Grupo "Queremos Ética".
Programação:
- Abertura: Carla Zambelli, uma das fundadoras do NASRUAS;
- Videoconferência com movimento Mudança Já e transmissão ao vivo do desfile dos Corruptos;
- Início da rodada de debates: Reforma Política e Mecanismos de Combate à Impunidade;
- Perguntas.

CONFIRMAÇÃO DE PRESENÇA:
Envie seu nome até dia 08/12/2011 no e-mail nasruas@hotmail.com

CURRÍCULO DOS PALESTRANTES:


1. Alberto Carlos Almeida, sociólogo e professor universitário, mestre e doutor em Ciência Política pela IUPERJ, é autor de “A Cabeça do Brasileiro” e “O Dedo na Ferida: Menos Imposto, Mais Consumo“. Trabalha como colunista do Jornal Valor Econômico e Revista Época, além de conhecido comentarista em diversos programas de TV.

2. Dircêo Torrecillas Ramos, Advogado, Mestre, Doutor, Livre-Docente pela USP, Professor de Direito Público da Fund. Getúlio Vargas, Membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas, Presidente da Comissão de Direito Constitucional OAB-SP, Correspondent of the Center for the Study of Federalism, Philadelphia – USA. Livros: “Autoritarismo e Democracia”, “Remédios Constitucionais”, “O Controle de Constitucionalidade por Via de Ação”, “Federalismo Assimétrico” e “A Federalização das Novas Comunidades – A Questão da Soberania”.

3. Humberto Dantas, Cientista social, mestre e doutor em ciência política pela USP. Professor universitário desde 1999, atualmente leciona no Insper. Coordena cursos de pós-graduação na FIPE-USP, onde trabalhou como pesquisador entre 1995 e 2000. Autor e organizador de diversos livros sobre política, coordenou e participou de mais de 180 cursos livres de formação política. Na Câmara dos Deputados é pesquisador do grupo de Educação Política.

4.  Jean Menezes de Aguiar, Advogado (SP e RJ); Professor da Pós-Graduação e Mestrado da FGV (processo civil, direito econômico, e negociação); Jornalista (colunista semanal - Jornal O DIA SP) e Músico Profissional. Coautor dos livros “Desafios atuais do direito da concorrência”, ed. Singular, 2008; e “Desafios atuais da regulação econômica e concorrência”, ed. Atlas, 2010. Blog:
  blogdojeanma.blogspot.com.

5. José Alvaro Moisés, Cientista político, jornalista e escritor. Formado em Ciências Sociais, Professor Titular de Ciência Política da USP. Diretor do Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas - NUPPs da USP. Membro do Comitê Executivo da International Political Science Association – IPSA. Foi Secretário de Apoio à Cultura (1995/1998) e Secretário de Audiovisual (1999/2002) do Ministério da Cultura.

6. Thaís Novaes Cavalcanti, Advogada, Master em Teologia pela Pontificia Università Lateranense de Roma em 2005, com a tese “O princípio da solidariedade e as relações entre Estado e Sociedade Civil”. Mestre em Direito do Estado pela PUC-SP em 2003 com a dissertação “Princípios Constitucionais. O Princípio da moralidade administrativa”. Doutoranda em Direito Constitucional. Professora de Direito Constitucional, Direitos Humanos, Teoria Geral do Estado e Ciência Política. Membro do IBDC e do Conselho Editorial da Revista de Direito Educacional.


Sobre o NASRUAS
O movimento NASRUAS surgiu do encontro de dois amigos: Marcel e Carla. Um evento que deu início à montagem de grupos de discussão nas Redes Sociais que, pouco a pouco, foram cobrindo todo o mapa do Brasil, somando hoje 48 grupos, entre todas as capitais e algumas cidades do interior, mantendo a característica inicial de apartidarismo.
*NASRUAS se escreve junto.

DESFILE DOS CORRUPTOS
Data: 09/12/2011, sexta-feira
Horário: 19h
Local: MASP - Av. Paulista
Realização: Mudança Já e UCC
Apoio: NASRUAS e Todos Juntos Contra Corrupção


CONTATOS PARA IMPRENSA:

NASRUAS
Carla Zambelli
(11) 6083-7000
e-mail: carlazambelli@uol.com.br
www.facebook.com/nasruas
http://nasruascontracorrupcao.blogspot.com


9 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pela iniciativa do NASRUAS.
Ismael de Moura

Ivany disse...

Muito bom! creio que após esse Congresso, deixaremos de ser os indignados nas redes socias e passaremos para a ação. Com embasamento jurídico, inclusive. Parabéns pela iniciativa NasRuas!

André Tadeu de Carvalho disse...

Não haverá transmissão por vídeo pela internet?

Anônimo disse...

o excelente nível do curriculo dois palestrantes e também a iniciativa. é que a luta contra a corrupção tem que se transformar em matéria de estudo ,pesquisa e prática, de uma vez por todas.!!
Celia Steiman

Roberto disse...

Estou feliz por estar fazendo alguma coisa. Tenho certeza deste momento histórico no Brasil, assim como tambem sei que se ficarmos unidos vamos conseguir acabar com essa roubalheira. Chega de corrupção Já!!!

nc nardi disse...

Realmente precisamos parar de apenas reclamar e fazer piadas com os corruptos. Precisamos de ações efetivas que gerem resultados e mude este status quo. Parabéns vamos mudar o Brasil.

Manuel Carmo Meirelles disse...

Meu caro amigo
Obrigado por ter visitado DIREITO DE OPINAR. Nele são denunciadas muitos dos crimes cometidos pelos governantes e classe política, os sugadores dos recursos do País.
Andei a viajar pelo seu mundo e verifiquei que também se interessa por essas causas. NASRUAS é um bom exemplo. Lutar contra a corrupção é um dever, eu diria, uma obrigação de todas as pessoas de bem. Uma boa parte dos recursos gerados no mundo são consumidos por essa corja de corruptos, os quais impedem uma distribuição equitativa dos bens e criam cada vez mais dificuldades económicas às pessoas.
Tentarei seguir os seus trabalhos e apreciá-los melhor e com mais tempo.
Entretanto, desejo-lhe toda a sorte do mundo nas nobres causas que abraçar.
Ótima semana.

Luiz Otavio da Rosa Borges disse...

Se algum fato inesperado ocorrer, e algum palestrante não puder compa-recer, fico ao dispor do Movimento NASRUAS para apresentar o tema “Como construir um Brasil sem corrupção”.

Aquele abraço,

Luiz Otávio

Luiz Otavio da Rosa Borges disse...

Se algum fato inesperado ocorrer, e algum palestrante não puder compa-recer, fico ao dispor do Movimento para apresentar o tema “Como construir um Brasil sem corrupção”.

Aquele abraço,

Luiz Otávio